Notícias

Santuários versus Zoológicos

Postado em 28/01/2014

aérea santuário sorocaba lago acima agosto 2012
Divulgação (Projeto GAP)

Apreciem as diferenças num vídeo gravado no Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba.

Os chimpanzés na maioria dos zoológicos ficam 8 horas na exposição e 16 horas dentro de cubículos fechados.

Os chimpanzés na natureza comem durante o dia todo e a noite descansam em ninhos nas copas das árvores.

Num zoológico não comem durante o dia, para forçá-los a entrar no cubículo fechado no fim do expediente, onde comem e ficam trancafiados. Seu ciclo biológico de alimentação e sono são alterados. No lugar de comer várias vezes durante o dia, como é recomendado para primatas humanos ou não, só comem antes de anoitecer, uma vez por dia.

No Santuário do GAP, os chimpanzés desfrutam, em seu território de 4 a 5 mil metros quadrados, da liberdade total as 24 horas do dia e têm alimentos à disposição o dia todo.

Veja por que os chimpanzés enlouquecem em zoológicos, expostos ao público ignorante de suas características, na exibição diária.

No Santuário eles vivem entre seus semelhantes e os humanos não interferem em suas vidas, não existindo visitação pública.

Assista aos vídeos do Santuário de Sorocaba:

Cerca elétrica de Guga e Emílio (em espanhol)

 

Muros no Santuário (em português)

Dr. Pedro A. Ynterian
Presidente, Projeto GAP Internacional