Notícias

Morreu Cobby, o mais velho chimpanzé a viver num zoo nos EUA

Postado em 07/06/2021


Zoo de São Francisco partilhou a notícia da morte de Cobby nas redes sociais.© DR/Facebook/Jardim Zoológico de São Francisco

Cobby, o chimpanzé mais velho a viver num jardim zoológico acreditado da América do Norte, morreu este sábado, aos 63 anos, no zoo de São Francisco.

“Estamos destroçados por partilhar a triste notícia da morte do nosso querido Cobby, um chimpanzé do sexo masculino de 63 anos. Cobby, uma alma gentil, trouxe uma presença calma ao seu grupo de sete e era um companheiro protetor da Minnie e da Maggie, com quem viveu durante 42 anos”, escreveu o Jardim Zoológico de São Francisco, na sua página de Facebook. As duas fêmeas terão ambas 52 anos. Outra das suas companheiras, Tallulah, morreu em 2013.

Os quatro tinham sido levados para o zoo em meados da década de 1960, sendo que Cobbey, que foi criado por humanos, estava treinado e foi a estrela de uma série de televisão, onde desempenhava papéis humanos, chamado “Cobby’s Hobbies”.

Leia a matéria completa do Diário de Notícias aqui.