Notícias

Mais Chimpanzés são Aposentados nos Estados Unidos

Postado em 09/10/2002


O Instituto de Saúde dos Estados Unidos (NIH) anunciou na semana passada que vai destinar inicialmente 19 milhões de dólares para um acordo com o Santuário Chimp Haven Inc., para aposentar até 900 Chimpazés que levam anos de torturas em laboratórios de pesquisas médicas, em diversas localidades norte-americanas. Calcula-se que o NIH tem entre 1300 a 1600 Chimpanzés em seu poder, usados para experiências médicas. Desses entre 600 a 900 serão aposentados de imediato.
Muitos destes primatas que levam anos nesses centros de torturas nunca subiram em uma árvore nem pisaram na grama. Agora, terão direito a viver entre seus pares, em um ambiente mais natural e não sofrer nenhum tipo de agressão física, sob o pretexto da ciência.

Este projeto do NIH que começa com 19 milhões, deve chegar a 35 milhões em um período de 10 anos. O Chimp Haven, que é uma entidade privada sem fins lucrativos, já mantém 200 Chimpanzés hoje em instalações apropriadas. As novas instalações serão construídas em terras doadas pela empresa Caddo Parish, de Louisiana, em uma área protegida de furacão e com um clima quente e úmido o suficiente, parecido ao habitat dos primatas na África.

As novas instalações estarão prontas em 2004 e serão atendidas por 25 funcionários, incluindo serviços veterinários completos.

Esta decisão do NIH, tomada praticamente a força, pela pressão da comunidade norte-americana e suas diversas ONG de defesa dos direitos dos Grandes Primatas, acaba com boa parte do uso dos Chimpanzés em experiências médicas, e os remanescentes ainda torturados em laboratórios de pesquisas, em breve serão também liberados.