Notícias

GAP Adiciona Criança Superdotada para Conselho Consultivo

Postado em 22/02/2003


Uma garota de nove anos, de Montana-E.U.A., que levanta fundos para a conservação de Grandes Primatas, adota Chimpanzés, resgata animais feridos, procura legislação para proteção animal e equipamento, manda sua mesada para instituições sem fins lucrativos e envia e-mails para a Casa Branca com freqüência, foi adicionada ao Conselho Consultivo do Projeto GAP.

Melanie Lovejoy (foto acima com sua pônei Lady) vive com seus pais em uma fazenda Eureka, Montana, que inclui um bando de cavalos, cabras, gatos, galinhas, cães e outros animais. Ela se junta a um conselho que inclui primatologistas notáveis e cientistas como Jane Goodall, Roger Fouts, Marc Bekoff e Francine Patterson.

“Tenho grande interesse por animais e também gosto de estar envolvida nos projetos de ação social” disse Lovejoy. “Estes são os maiores interesses de minha vida. Sempre gostei de lutar pelo que é correto. Os animais não são poderosos o suficiente para lutar por eles mesmos”.

Em julho, Lovejoy levantou $80 dólares a favor dos Grandes Primatas e doou os fundos ao Projeto GAP. Ela se correspondeu com Goodall no passado, e considera os livros Gorilas entre Nós e Na Minha Árvore Genealógica: Uma Vida com Chimpanzés, entre os seus preferidos.

Lovejoy, que estuda em casa, iniciou atividades para arrecadação de fundos a favor dos Ursos Coalas, e, quando estava com cinco anos de idade, criou o “Melanie’s Pet Business”, uma organização que cuidou dos cãezinhos quando seus donos estavam fora. Aos oito anos, Lovejoy juntou-se com um amigo para iniciar o “No Bit Club”, uma organização que tenta abolir rédeas em cavalos, e posteriormente treinou seu próprio pônei, Lady, para passear usando simplesmente um barbante em sua boca.