Notícias

Chimpanzé Black completa um ano no Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba/SP

Postado em 22/05/2020


Black e Dolores (GAP/Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba)

O chimpanzé Black completou, no início do mês de maio, um ano de casa – e vida – nova no Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba/SP. Indo ao encontro do objetivo principal de proporcionar um maior bem-estar em cativeiro, ele está totalmente adaptado, em bom estado de saúde, convive muito bem com a fêmea Dolores e, principalmente, segundo a equipe do santuário, está muito mais tranquilo do que quando chegou.

Black foi transferido do zoológico da cidade depois de uma longa ação judicial que levou o Tribunal de Justiça de SP a decretar sua relocação. 

Black tem idade estimada em 50 anos e sabe-se que viveu por mais de 40 no zoológico – sendo os últimos anos sozinho, depois do falecimento de sua companheira, Rita. Terminado o período de quarentena depois de sua transferência, a equipe do santuário avaliou que Black já poderia ter suas primeiras experiências de integração com outros chimpanzés.

Primeiramente tentou-se com a chimpanzé fêmea Margarete, com a qual já tinha convivido em um breve período que morou no santuário em 2004 durante uma reforma em seu recinto no zoológico. Margarete já estava inserida em outro grupo e não aceitou tão bem o convívio com Black. A equipe então percebeu que Dolores, de 23 anos, poderia ser uma candidata mais adequada a dividir o recinto com Black e desde setembro do ano passado os dois vivem juntos e estão totalmente integrados.

Confira algumas imagens e vídeos recentes de Black e Dolores:

Reportagem no jornal Cruzeiro do Sul: Há um ano, Black deixava o zoológico de Sorocaba

https://www.jornalcruzeiro.com.br/sorocaba/ha-um-ano-black-deixava-o-zoologico-de-sorocaba/?fbclid=IwAR1oVMV0ptwQKsgUrLemmZq5WG72FyuYkaTMWBORmPZpeENui31foQXBeE0