Notícias

Polêmica na Argentina: quem ganhou na troca?

Postado em 14/01/2014

mono-toti-archivo
Toti (Diario La Voz de Córdoba)

Uma ONG argentina, a Fundação Laura Baggio, solicitou informações ao diretor do Zoológico de Córdoba, que funciona no Parque Sarmiento, sobre as justificativas para trocar o chimpanzé Toti por um tigre branco e que benefício teve a municipalidade daquela cidade com esta operação, e se a mesma foi aprovada legalmente.

Ao mesmo tempo, a dirigente ambientalista Laura Baggio indaga onde se encontra o chimpanzé Toti, que foi enviado ao zoológico privado de Bulbaco, em Rio Negro, segundo consta nas autorizações de seu traslado. Segundo a dirigente, até agora o Zoológico do Rio Negro só apresentou um diagrama do recinto, feito em computador, porém nenhuma foto em tempo real.

Segundo consta da papelada oficial, Toti foi trasladado na madrugada do dia 21 de dezembro, num caminhão, para Rio Negro, no mesmo momento em que Alejandra Juarez, em nome do Projeto GAP, entrava com um pedido de Habeas Corpus para conseguir a libertação deste chimpanzé para um Santuário no Brasil.

No documento que denuncia a perda de Toti, um patrimônio, segundo a denunciante da cidade de Córdoba, questiona-se quanto vale um tigre branco e um chimpanzé, e se a troca foi justa.

Dr. Pedro A. Ynterian
Presidente, Projeto GAP Internacional

Notícia relacionada:

http://www.projetogap.org.br/noticia/habeas-corpus-negado-pero-discusion-quedara-abierta/