Notícias

Peter Singer: nosso visitante mais ilustre

Postado em 07/08/2013


Peter Singer - Fundador do GAP

O Prof. Peter Singer é autor do livro Animal Liberation, que quebrou os paradigmas mundiais no tratamento de todos animais em nossa sociedade. Também foi o idealizador do Projeto GAP em 1994 e hoje é seu Presidente de Honra.

Na última semana de agosto, estará no Brasil o Professor Peter Singer (PhD), filósofo e bioeticista, para uma palestra dentro do Projeto Fronteiras do Pensamento. Poucos sabem, até os que escrevem sobre ele e comentam suas ideias, que uma de suas grandes conquistas foi a fundação do Projeto GAP (Great Ape Project) na década de 90 nos Estados Unidos, junto com um grupo destacado de antropólogos, advogados, filósofos e primatólogos.

O autor do livro clássico na defesa dos animais – “Animal Liberation” – voltou seu olhar e sua mente, em 1994, para nossos irmãos chimpanzés, gorilas, bonobos e orangotangos, denunciando para o mundo o extermínio que acontecia com aquelas espécies, que compartilham com o gênero humano um DNA muito próximo de 100%.

Quando a voz e a escrita de Peter Singer levantou a discussão sobre o tema, o mundo surpreso percebeu o mal que estava sendo praticado aos nossos irmãos primatas, sem que alguém reagisse contra isso.

O Projeto GAP, que agora tem sua sede no Brasil e se espalha pelo mundo, em defesa dos direitos dos grandes símios, vai receber o seu fundador em seu berço: o Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba, onde 50 chimpanzés e um grupo de humanos darão as boas vindas a quem tanto devem, por deflagrar a luta e reafirmar a consciência da proteção a todos os seres abaixo da linhagem humana.

Peter Singer escreveu, em 2003, no livro editado pelo Projeto GAP, denunciando as torturas e a reclusão desumana de centenas de chimpanzés em centros de experiência biomédica nos Estados Unidos, “Recognition for the Uncounted“: “A próxima década será um tempo crucial para os grandes primatas. Uma razão para isto é que o tamanho das populações remanescentes de chimpanzés, bonobos, gorilas e orangotangos inevitavelmente será decidido. O mundo tomará uma séria decisão acerca da proteção deles e seus habitats na África e Indonésia, ou primatas em vida livre chegarão a ser minúsculos grupos protegidos só em pequenas reservas e marchando inexoravelmente à sua extinção em qualquer parte.” E continua: “A próxima década também será crucial para o movimento em ascensão que garante os direitos básicos aos grandes primatas. Esse movimento lançado na publicação “The Great Ape Project” em 1993, converteu o Projeto GAP numa organização internacional com representações através da Europa, Ásia, América do Norte, América Latina e defensores em muitos outros locais.”

Esta década está chegando ao seu fim neste ano. Peter Singer foi visionário, mas não calculou que os interesses poderosos encobertos no Especismo lutariam com “unhas e dentes” para que só os humanos tivessem direitos reais neste mundo, e todos os seres inferiores continuassem a ser explorados por eles.

Porém, muito se tem conseguido nesta década memorável. Nós, no Brasil, conseguimos o que ninguém conseguiu no mundo: acabar com a exploração nos circos e nos espetáculos de entretenimento usando nossos irmãos primatas.

Peter Singer poderá ver com seus próprios olhos – durante sua visita em 29 de agosto – como sua profecia de 2003 foi cumprida aqui. E que os quatro santuários brasileiros de grandes primatas, afiliados ao Projeto GAP, que ele inspirou, resgataram mais de 80 de nossos irmãos injustiçados e explorados, que hoje podem viver com decência, amor, respeito e em sua própria comunidade.

Uma pequena parte da imensa obra que Peter Singer e seus colaboradores pretendiam fazer em 1993, quando o Projeto foi iniciado, atualmente está realizada. E se nós pudemos fazer isso, muitos outros, em outras latitudes do Planeta, também poderão consegui-lo.

Talvez a nova década que agora começa será a consolidação final desta luta e em 2023, em algum lugar do mundo, possamos gritar aos quatro ventos: Os Direitos dos Grandes Primatas Existem!

Dr. Pedro A. Ynterian
Presidente, Projeto GAP Internacional

 




+ Notícias

LUTO Em uma época em que o filme King Kong era referência em gorilas, Koko transformou a visão das pessoas [...]

21/06/2018

ÚLTIMA CHANCE Após uma vida de prisão e exploração Sumomo morre ao tentar fugir 20/06/2018 às 06:20 Por Eliane Arakaki, [...]

20/06/2018

CRUELDADE O autor do documentário, Ulrich Seidl, afirma que as bárbaras matanças de animais são sinais da degeneração da humanidade [...]

20/06/2018

AUDIÊNCIA PÚBLICA O PL que proíbe zoológicos e aquários determina que os animais sejam prioritariamente libertados no habitat ou levados [...]

19/06/2018

MAUS-TRATOS Os animais explorados pelo Dade City’s Wild Things morreram após serem transportados de forma inadequada. 19/06/2018 às 07:30 Por [...]

19/06/2018

ESTADOS UNIDOS Menos de três meses após sofrer uma lesão “horrível” em sua barbatana dorsal, Katina aparentemente já está se [...]

13/06/2018

ABUSO Em decorrência da divulgação de irregularidades no Zoológico de Sorocaba, também chamado de Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, [...]

12/06/2018

BUSCA POR LIBERDADE Um morador da cidade alertou as autoridades sobre a presença do animal em área urbana após vê-lo [...]

12/06/2018

Em homenagem ao nosso querido Guga, que nos deixou há pouco mais de uma semana, criamos uma página em nosso [...]

05/06/2018

Com um aperto no coração, Roberto Tripoli despede-se e homenageia GUGA YNTERIAN (2009-2018), esse meninão lindo, um guerreiro querido, que inspirou seu [...]

30/05/2018