Notícias

Outros Dois Bebês Chimpanzés Chegam ao Santuário Africano

Postado em 18/04/2002


Chingola, Zâmbia. Dois bebês Chimpanzés, ambos de aproximadamente três anos de idade, chegaram ao Santuário Chimfunshi Wildlife Orphanage, sendo os octogésimos sexto e sétimo órfãos ali residentes.
Berta, uma fêmea e Chiffon, um macho, foram criados como “pets” (animais de estimação), por um casal de origem italiana residentes na Costa do Marfim, na África. Eles compraram os dois Chimpanzés na cidade de Man, no oeste do país, em um mercado local onde estavam sendo ofertados. A situação econômica do país, assim como a dificuldade de mantê-los em casa, na medida que cresciam, levou este casal a convicção de dar um lar permanente para estes bebês, para que crescessem com os membros de sua espécie e então os entregou ao Santuário de Zâmbia.

A burocracia e a falta de comunicação tornou a viagem de ambos chimpanzés mais demorada, no entanto estão com boa saúde. O Santuário do Chimfunshi, criado em 1983, por Sheila Siddle e seu esposo, David, está localizado na fazenda de sua propriedade em Zâmbia e tem se convertido no maior Santuário do mundo para recuperação de Chimpanzés. Duas novas construções abertas, de 10.000 metros quadrados cada uma, com mata e árvores, permitem aos bebês Chimpanzés e adolescentes, levarem uma vida protegida e quase natural.

Esta insistência dos humanos em criar Chimpanzés em casa, como animais de estimação, é uma aberração e é anti-natural! Solicitamos à todos aqueles que possuem Grandes Primatas nestas condições muita reflexão e desencorajamos à todos aqueles que tem a intenção de fazê-lo.