Notícias

O sonho realizado

Postado em 03/09/2013


Peter Singer, Suzi e Pedro Ynterian

Vinte anos atrás, Peter Singer e Paola Cavalieri lançaram ao mundo a primeira Declaração da Defesa dos Direitos dos Grandes Primatas. Uma elite dos mais reconhecidos antropólogos, filósofos, biólogos e pensadores da época assinaram a mesma. Para consolidar aquela ação, um livro foi publicado, editado por Peter e Paola, sob o título The Great Ape Project, onde os Direitos dos Grandes Primatas eram defendidos por todos os assinantes da mencionada Declaração, que figurava com destaque no texto.

Aquela ação teórica se converteu meses depois em prática, com a formação do Projeto GAP, sendo Peter Singer seu principal mentor. Durante a memorável visita que fez ao Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba, no dia 29 de agosto passado, Peter se emocionou ao dizer que lá estava enxergando um de seus sonhos realizados.

Poucas pessoas, incluindo as mais informadas da temática ambiental, sabiam que Peter Singer tinha criado o Projeto GAP e sido seu Presidente. Um dos motivos que nos impulsionou a fazer o encontro com ele no Santuário, com a presença de um grupo selecionado de ambientalistas e defensores da causa animal, foi mostrar a todos que os fundamentos do Projeto GAP são profundos, sólidos e respaldados pelas mentes científicas mais avançadas do nosso mundo atual.

Quatorze anos atrás, um pequeno bebê chimpanzé entrou em nossa vida, transformando-a como ninguém poderia imaginar. Aquele chimpanzé, de nome Guga, deu origem ao Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba, que o filósofo Peter Singer acaba de visitar; e lá foi recebido de braços abertos por uma das filhas de Guga, Suzi, de dois anos de idade, que se atirou em seus braços como se o conhecesse por toda a vida.

Peter Singer viu no gesto desinibido e espontâneo daquele pequeno bebê chimpanzé que sua iniciativa de 20 anos atrás não foi em vão. Talvez não foi em sua terra australiana, nem nos Estados Unidos, onde o Projeto surgiu. Mas foi num país gigante e distante, povoado da maior diversidade de primatas do Planeta, que a profecia que ele relatou em 1993 se materializou e alguém, seguindo seu ideal, criou um lar onde os grandes símios, explorados, torturados, machucados em seu espírito e em seu corpo, conseguiram um refúgio de paz, decência e amor, onde podem viver sem temor entre seus iguais, exercendo, pela primeira vez na Terra, os seus direitos como pessoas neste mundo injusto e cruel, que os levou à beira da extinção.

Sabemos que Peter Singer se realizou quando viu um de seus sonhos convertidos em realidade e viu também que nem tudo está perdido, que existem seres humanos dispostos a lutar contra todos os obstáculos para defender os princípios e os direitos inalienáveis de todos os seres vivos, independente de sua espécie neste Planeta em que todos nós habitamos.

Dr. Pedro A. Ynterian
Presidente, Projeto GAP Ynterian

Fonte:
http://www.anda.jor.br/02/09/2013/o-sonho-realizado




+ Notícias

Em uma operação extraordinária para devolvê-los à natureza, três gorilas-ocidental-das-terras-baixas (western lowland gorillas), espécie criticamente ameaçada, voaram para os céus [...]

11/12/2017

O trabalho do Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba/São Paulo, afiliado ao Projeto GAP, é destaque da última edição do [...]

10/12/2017

Por Jaqueline B. Ramos * Assistindo uma série de TV sobre advogados recentemente, me surpreendi com a encenação de um [...]

07/12/2017

No final dos anos 70, um drama político de que poucos se inteiraram se desenrolou na Holanda. Yeroom era líder [...]

04/12/2017

Caninos têm mais do que o dobro de neurônios do que os felinos, diz pesquisadora brasileira Suzana Herculano-Houzel RIO – [...]

02/12/2017

A seleção natural é implacável e envolve maturidade sexual e sobrevivência da espécie A avalanche de casos de homens idosos [...]

02/12/2017

Martín, Sasha e Kangoo vivem em condições precárias; o ex-zoológico diz que a transferência é perigosa para os animais A [...]

01/12/2017

O Projeto GAP Internacional denuncia a situação de maltrato e abandono na qual se encontram os animais do zoológico Monkey [...]

28/11/2017

Duas das mais velhas chimpanzés vivendo em cativeiro no mundo morreram neste mês. No dia 15 de novembro, Little Mama, [...]

24/11/2017

Da PASA (Aliança de Santuários Africanos) Suena, chimpanzé batizado com o nome do “santuário” degradado em que morava, ficou trancado [...]

16/11/2017