Notícias

Katie 1995-2019

Postado em 16/02/2019


(CGA)

Por Patti Ragan, Centro dos Grandes Primatas (Center for the Great Apes)

Caros membros e amigos da CGA,

A carta mais difícil de escrever é a de notificar para nossos membros e apoiadores a perda de um de nossos preciosos moradores. Lamento profundamente contar a triste notícia de que nossa querida e bela chimpanzé Katie faleceu muito recentemente.

Ela foi encontrada em seu ninho de cobertores no início da manhã quando seu cuidador abriu sua casa noturna. Testes de patologia ainda estão pendentes, mas suspeita-se que Katie faleceu de repente de doença cardíaca. Nos últimos anos, Katie estava bem de saúde, então isso foi muito inesperado e um choque para todos nós.

Katie veio para o santuário seis anos atrás, aos 18 anos, depois de passar sua vida dentro de uma pequena gaiola em uma casa em Nova Jersey. Quando ela chegou, ela teve muitos desafios de saúde, medos e transtornos alimentares. Mas com o passar dos anos com boa nutrição, espaço para se exercitar, companheirismo social com outros chimpanzés e um grupo dedicado de cuidadores que passaram muito tempo ajudando-a, a saúde de Katie melhorou muito. Ela estava linda com sua condição de pele curada, seu cabelo esparso lindamente preenchido, e sua condição de magreza mudou para um peso saudável para uma mulher adulta.

E a confiança e as habilidades sociais de Katie também aumentaram à medida que ela se tornou mais confiante. No começo, ela tinha medo de outros chimpanzés … ela não permitiria que ninguém (incluindo seus cuidadores) a tocasse (até as pontas de seus dedos) … ela tinha medo da água … e ela não pisava no chão, especialmente não na grama! Mas com paciência e exposição gradual, Katie aprendeu a conviver e a amar seus companheiros chimpanzés, ser cuidada por outros, participar voluntariamente de exames de saúde com seus cuidadores e veterinário, e até mesmo brincar de sprinklers.

A parte mais significativa e importante da vida de Katie no santuário foi sua introdução a outros chimpanzés (Murray, Casey, Mickey e Daisy). Enquanto seu amado companheiro Murray foi seu primeiro e favorito amigo, no ano passado ela e Murray foram apresentados aos três jovens que chegaram há um ano – Hannah, Kenzy e Bentley. Katie especialmente amava o pequeno Bentley, e um momento maravilhoso nas apresentações foi quando Bentley (que no começo tinha medo de Katie) finalmente permitiu que ela o abraçasse. Ela era uma garota feliz com sua grande nova casa noturna, seu melhor amigo Murray e seus três novos companheiros jovens. Katie sabia que ela era amada e cuidada. E ela finalmente teve uma família de chimpanzés!

Nossa equipe e voluntários estão de coração partido com a perda de Katie, mas sabemos que devemos continuar para todos os outros que também são tão importantes. A vida de Katie no santuário estava em um ambiente acolhedor cercado por grandes primatas e pessoas que a amavam. Por isso, sou profundamente grata. E também agradeço pelo cuidado compassivo e profissional da nossa equipe e pelo amor genuíno que eles têm por nossos moradores.

Obrigado pelo seu apoio, que nos ajuda a melhorar a vida dos nossos primatas. Com gratidão e em memória amorosa da nossa querida Katie.