Notícias

Espanha: Projeto GAP e Animalia Protección Animal denunciam o estado deplorável de cinco macacos japoneses em Guardamar del Segura (Alicante)

Postado em 14/11/2018


(PGS)

Durante anos, no município de Guardamar del Segura (Alicante), uma fazenda com um núcleo zoológico gerido de forma particular mantém cinco macacos japoneses. Até poucos dias atrás, estes animais estavam em gaiolas muito pequenas e sujas, sem que qualquer autoridade competente tomasse medidas para transferi-los a um local com condições adequadas.

Dada a recusa das autoridades para fazer qualquer movimento, membros do Projeto GAP Espanha, da Animalia Protección Animal e voluntários obtiveram o consentimento dos proprietários da fazenda e transportaram os macacos para gaiolas maiores, como um paliativo, mas ainda é uma condição inadequada de cativeiro.

Mesmo diante da passividade do Ministério da Agricultura, Ambiente, Alterações Climáticas e Desenvolvimento Rural de Valência, as organizações negociaram a transferência dos macacos para um centro de resgate na Holanda, que se colocou à disposição de recebê-los. No entanto, para tal é necessário o pagamento 50.000 euros, que o referido Ministério se recusou a pagar.

Para o GAP e a Animalia, esta grave situação em que se encontram os macacos japoneses  poderia ser evitada se fossem instalados no país um ou mais centros de recuperação de espécies ameaçadas. Agora eles estão no corredor da morte e sua situação é da exclusiva responsabilidade do Governo.

Veja o vídeo da primeira transferência dos macacos para jaulas maiores e assine a petição que pede ao Governo Espanhol providências para o bem estar dos animais.