Notícias

Chegou JULLY, Nossa 14° Moradora do Santuário

Postado em 25/06/2002


No dia 21 de junho passado, chegou ao Santuário do GAP nossa 14° hóspede, a chimpanzé Jully, de aproximadamente 15 anos de idade. Jully veio procedente do Zoológico Municipal de Piracicaba, o qual foi fechado recentemente, para ser reaberto no futuro em outro local, cujo novo projeto está sendo elaborado.

A história de Jully, como a da maioria dos Grandes Primatas, é uma história misteriosa que deve ser reconstruída por partes. Já sabemos que Jully nasceu no nordeste, possivelmente em Pernambuco, em um circo itinerante daquela região. Quando tinha aproximadamente 9 anos de idade foi entregue à um comerciante de animais, que a trouxe para São Paulo. Como ele não tinha documentos de origem de Jully e temendo que ela pudesse ser confiscada pelo IBAMA, o comerciante a entregou ao Zoológico de Leme temporariamente, entretanto procurava um comprador. Nesse interim, o circo faliu, o comerciante nunca pagou ao circo e Jully ficou no Zoológico. O Zoológico de Piracicaba solicitou a transferência de Jully com a aprovação do IBAMA, o que foi feito. Ela ficou 6 anos no Zoológico de Piracicaba. Ao ser desativado o Zoológico, os animais passaram a ser transferidos, e o IBAMA determinou que nosso Santuário recebesse Jully, já que ela hoje pertence a União pois não tem documentação de origem; aliás a maioria dos circos não tem documentação de origem dos animais que possuem.

Jully estava em uma gaiola cimentada e hoje no Santuário, está instalada em um amplo recinto de mais de 150 metros quadrados, onde tem contato com a terra e tem visão para o grupo de chimpanzés adultos no recinto principal, onde esperamos que possa ser integrada em um futuro próximo.